As Competências Técnicas x Comportamentais


Existe uma grande diferença entre elas, primeiramente quero deixar claro o que é competência.

Competência: significa aptidão, trazendo para o âmbito empresarial podemos dizer, que é um conjunto de habilidades que o profissional possui e que são importantes para função que ele executa na empresa.

Conhecer a diferença entre as competências é crucial para ter uma gestão de pessoas realmente assertiva e principalmente utilizar isso de forma estratégica com seus colaboradores.

As competências Técnicas, são aquelas que adquirimos por meio de treinamentos, cursos, palestras e faculdade, elas nos ajudam a desempenhar nossas atividades na empresa. Um arquiteto, por exemplo, não vai saber fazer um projeto de sucesso se não possuir habilidades técnicas especifica para isso.

Graduações, especializações, saber mexer em softwares, aprender novos métodos dentro da profissão – tudo isso se encaixa em competências técnicas.

As competências comportamentais, e isso está fácil pois o próprio nome já diz, é como nos comportamos e reagimos a determinados estímulos, elas são adquiridas conforme a intensidade, sentimentos, experiência que vivemos ao longo do tempo. Alguns exemplos são paciência, empatia, relacionamento interpessoal, capacidade de ouvir, pro atividade entre outros.


Ao analisarmos os dois tipos de competências para selecionar novos colaboradores para empresa, podemos melhorar o clima no ambiente de trabalho. Isso porque você conseguirá identificar os profissionais que se encaixam na cultura organizacional e no perfil da equipe, tornando o ambiente harmonioso e é possível melhorar os resultados da organização como um todo.

Para fazer uma contratação realmente assertiva, é fundamental analisar as competências técnicas e comportamentais do candidato, levando em consideração o que o cargo, a equipe e a empresa como um todo precisam.

Para isso, você pode aplicar testes de perfil comportamental nos candidatos e colaboradores da empresa, além de desenvolver dinâmicas, provas e entrevistas durante o processo seletivo.

Agora que você já sabe diferenciar competências técnicas e comportamentais a sua importância e benefícios para a empresa, vai continuar contratando olhando apenas o currículo?


Sabe aquela frase clichê “Contrata-se pelas currículo, demite-se pelo comportamento?”

Isso nunca foi tão atual como nos dias de hoje, e o que eu posso afirma é que ninguém, nasce com as competências desenvolvidas. Absolutamente ninguém.


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo